Vila encerra preparação para tentar três pontos no sul do país

Vila encerra preparação para tentar três pontos no sul do país
(Foto: Comunicação Vila Nova / Paulo Massad)

O Vila Nova encerrou sua preparação para encarar o Internacional-RS amanhã no estádio Beira Rio, em Porto Alegre. O trabalho aconteceu na manhã desta sexta-feira(10) e o técnico Hemerson Maria comandou o treino com portões fechados, assim como ocorreu na tarde de ontem. A delegação colorada embarcou para o sul do país com previsão de chegada no fim da tarde.

Em relação ao time que entra em campo amanhã, apenas uma hora antes de rolar a bola, que será divulgada a escalação. O comandante colorado conta com praticamente todo o elenco, com exceção ao atacante Moisés que segue se recuperando de uma pancada na cabeça, no empate diante do Paysandu-PA. A tendência é que o atacante só fique à disposição para o jogo contra o Náutico no próximo fim de semana, mas mesmo assim, ainda será reavaliado para definir sua real situação.

Uma vitória diante do Internacional-RS, mantém o Tigrão na luta pelo acesso com boas chances, caso ocorra um resultado negativo, o Vila tem que torcer ainda mais por tropeços de Paraná e Oeste-SP, para que não amente a distância para o G-4. Na coletiva concedida pelo técnico Hemerson Maria na manhã desta sexta-feira(10), o treinador fez questão de esclarecer que não há nenhum tipo de problema interno ou falta de comprometimento do elenco colorado.

“Quero dizer para o torcedor que não existe falta de vontade, de comprometimento ou de trabalho. Não há nenhum problema interno aqui, nenhum problema entre comissão, jogadores e diretoria, está tudo certo, com exceção aos resultados que não vieram. O que aconteceu nesse segundo turno foi que não conseguimos alguns resultados, acabamos empatando algumas partida em que fomos melhores do que os adversários, além de uma melhora dos concorrentes diretos que tiveram uma regularidade. Amanhã temos uma nova oportunidade e esperamos que a gente possa fazer um grande jogo e sairmos de lá vitoriosos”, analisou Hemerson Maria.

 

#PazNoFutebol  #SempreVila

 

Paulo Massad / Assessoria de imprensa