Vitória diante do Grêmio A. garante vaga na semi e Vila já iniciou a preparação para a Copa do Brasil

Vitória diante do Grêmio A. garante vaga na semi e Vila já iniciou a preparação para a Copa do Brasil
(Foto: Paulo Massad / Comunicação Vila Nova)

O Vila Nova garantiu sua classificação à próxima fase do Campeonato Goiano ao vencer o Grêmio Anápolis na tarde deste sábado(10) no estádio Serra Dourada. O triunfo levou o time colorado aos 24 pontos, restando ainda uma rodada na fase de classificação, contra o Anápolis no dia 21 desse mês.

Na partida de ontem o time colorado praticamente não teve sustos, comandou as ações durante praticamente todo o jogo. Na primeira etapa o Tigrão chegou a marcar duas vezes, mas a arbitragem anulou os dois gols, alegando impedimento. O gol de Giaretta de cabeça, estava realmente em posição irregular, já o gol de Brunão foi mal anulado, já que o zagueiro estava em posição legal quando finalizou para o gol.

No segundo tempo o Vila Nova chegou a vitória com dois gols do atacante Ramon, ambos em cobranças de pênaltis que realmente existiram. Em um dos lances inclusive, o zagueiro Lucas Cunha foi expulso por já ter o cartão amarelo e receber o segundo, no lance do segundo pênalti a favor do Tigrão. O Gremio Anápolis chegou a diminuir o placar, mas com um homem a menos em campo, não teve forças para tentar o empate.

O elenco colorado já trabalhou na manhã deste domingo, inciciando os trabalhos para a partida da Copa do Brasil contra o Ferroviário, na próxima quinta-feira(15), no estádio Serra Dourada. O primeiro jogo entre as duas equipes terminou empatado em um a um, na cidade de Fortaleza. Quem vencer na próxima quinta, avança para a fase seguinte da competição, um novo empate leva a decisão da vaga para as cobranças de pênaltis.

O técnico Hemerson Maria aguarda um posicionamento do departamento médico para saber se poderá contar com o zagueiro Brunão, que sofreu uma entorse no joelho na vitória de ontem diante do Grêmio Anápolis. Dois jogadores que podem voltar nesse jogo da Copa do Brasil são o zagueiro Heitor que machucou o nariz na partida de ida e o volante Fagner há quase um mês sem atuar por conta de um estiramento muscular.

#SóVermelhoNoMeuCoração


Paulo Massad / Assessoria de imprensa