Identidade e Unificação técnico-metodológica

Identidade e Unificação técnico-metodológica
(Foto: Douglas Monteiro / Comunicação Vila Nova)

Inovando no Estado, o Vila Nova passa a implementar um processo de unificação técnico-metodológica no futebol do clube, buscando alinhar procedimentos e utilizar os mesmos conceitos de jogo no profissional e nas categorias de base. O principal objetivo é a criação e definição de uma identidade do futebol no Tigrão.

O primeiro encontro para tratar do assunto foi realizado no dia 10 de maio de 2018, tendo o técnico Hemerson Maria e sua comissão técnica proferido um workshop para as comissões das categorias sub-15, sub-17 e sub-19. A ocasião contou também com a presença de dois jogadores de cada categoria.

Esse processo de capitação profissional e organização metodológica será algo constante, acontecendo semanalmente, contando com uma extensa gama de profissionais de diversas áreas inerentes a formação de atletas no futebol.

A categoria de base, dentro desse processo organizacional, buscando atuar de maneira transdisciplinar vai reforçar seu quadro de profissionais para atender seus atletas: assistente social, psicólogo, fisioterapeuta e pedagogo. Além disso, mensalmente será realizado com esses jogadores um mídia training, no qual o departamento de comunicação do clube irá passar noções de como se comportar em uma entrevista coletiva, falar em público, abordar a imagem do atleta em relação ao clube e outros demais assuntos relacionados à questão.

Como resultado desse projeto, será confeccionado um documento norteador que definirá todas as etapas da formação de atletas no Vila Nova Futebol Clube, definindo o perfil de atletas para captação, do trabalho de desenvolvimento com identidade e metodologia única, até chegar ao processo de transição para a categoria profissional.

O projeto é uma das primeiras medidas da nova gestão do departamento de formação de atletas, objetivando qualificar e potencializar a formação de atletas para o Vila Nova Futebol Clube.