Goleiro afirma: "nosso sistema defensivo está muito bem entrosado"

Goleiro afirma: "nosso sistema defensivo está muito bem entrosado"
(Foto: Douglas Monteiro / Comunicação Vila Nova)

O Vila Nova segue sua preparação para enfrentar o Oeste-SP no próximo sábado, na Arena Barueri, na grande São Paulo. O técnico Hemerson Maria já sabe que não poderá contar com o atacante Mateus Anderson, que só deve ser liberado para o jogo seguinte, contra o Coritiba, também fora de casa. O jogador sofreu um estiramento no ligamento colateral medial do joelho esquerdo e segue em tratamento.

Outra baixa é o atacante Keké, que no fim do treino da manhã de hoje (16), contundiu o joelho direito e foi encaminhado para o departamento médico colorado. Amanhã, após realização de exames, o jogador saberá a gravidade da contusão. Além de Keké e Mateus Anderson, o departamento médico colorado ainda tem o volante Wellington Reis que se machucou no clássico e está na fase final de recuperação.

Nesse início de competição, o Vila Nova está com a melhor defesa, tendo sofrido apenas dois gols. Vale lembrar que o lateral direito Maguinho chegou para a Série B de 2016, o zagueiro Wesley Matos esteve todo o ano passado no clube e só não jogou o Goianão desse ano e o lateral esquerdo Gastón, está no Vila desde a Série B do ano passado. Isso significa um bom tempo dos atletas atuando juntos, além do zagueiro Diego Giaretta e o goleiro Mateus Pasinato que estão como titulares desde o início da temporada. o Goleiro colorado ressalta a importância desse entrosamento.

-Nosso sistema defensivo está muito bem entrosado. A cobrança que existe é muito grande, desde lá atrás até na frente, é algo que o Hemerson pede e a cobrança entre nós mesmos é algo natural. Acredito que com o passar do tempo, as coisas só tendem a melhorar.

Sobre a sequência dos próximos quatro jogos jogos que o Tigrão tem pela frente, sendo os dois próximos fora de casa, contra Oeste e Coritiba, e depois em casa contra CSA-AL e Fortaleza-CE, o goleiro Mateus Pasinato analisa principalmente, os jogos fora de casa, que são os próximos para o Vila.

-Todo mundo sabe que a Série B é muito difícil e precisamos pontuar. Dois jogos fora agora, o Oeste que está tentando se reabilitar e o Coritiba que tem um elenco candidato ao acesso, então, nós vamos jogar para ganhar, como o próprio Hemerson fala. Como o campeonato é muito difícil, iremos brigar por pontos fora de casa, é isso que faz a diferença e como os elencos estão se entrosando, melhorando seus rendimentos, é natural que os jogos passem a ficar mais difíceis – Finalizou Pasinato.

 

#SóVermelhoNoMeuCoração

Paulo Massad / Assessoria Vila Nova