Meia lamenta pontos perdidos em casa e mira vitória no clássico

Meia lamenta pontos perdidos em casa e mira vitória no clássico
(Foto: Douglas Monteiro / Comunicação Vila Nova)

No próximo sábado o Vila Nova terá um compromisso difícil pela frente, o clássico diante do Atlético, no estádio Antônio Accioly. O confronto será com torcida única, apenas a torcida do mandante, como já vem acontecendo nos clássicos com o Goiás. Para esse compromisso, o técnico Hemerson Maria contará com os retornos dos laterais esquerdos Gastón e Helder que cumpriram suspensão automática, no empate da última rodada, diante do Guarani. O desfalque será o zagueiro Naylhor que foi titular nos dois últimos jogos, mas acumulou o terceiro cartão amarelo e fica fora dessa partida.

Com 44 pontos na tabela de classificação e apenas um ponto do G-4, o time colorado terá três jogos seguidos em Goiânia, sendo um no Accioly, o clássico contra o Atlético, e em seguida, Boa e Juventude, ambos no Serra Dourada. A sequência pode consolidar o Vila no grupo dos quatro primeiros, desde que tenha um bom resultado no clássico e faça prevalecer o mando de campo, daqui pra frente na Série B. o meia Alan Mineiro, artilheiro do time na competição com sete gols, reconhece o prejuízo ao empatar em casa com o Guarani e ressalta a luta pelo acesso.

- O espirito de decisão não foi só contra o Goiás, e sim, na maioria dos nossos jogos, mas no clássico o resultado veio, já contra o Guarani por exemplo, não conseguimos vencer. Buscamos a vitória, mas o jogo foi muito igual, o primeiro tempo foi deles e o segundo tempo foi nosso. Temos que lamentar ter perdido dois pontos, mas ao mesmo tempo lembrar que esse ponto conquistado fez diminuir a distância do G-4, pelos resultados dos outros jogos. Agora temos o clássico contra o Atlético, no estádio deles, mas não podemos vacilar mais, temos que buscar a vitória para continuar com o sonho do acesso – analisou Alan Mineiro.

Os trabalhos de preparação do Vila Nova acontecem nos períodos da tarde até a quinta-feira (04) e a última movimentação, na sexta-feira(05), o treino será no período da manhã e todas as atividades marcadas para o CT. Uma boa notícia para o técnico Hemerson Maria é que o lateral direito Maguinho iniciou os trabalhos físicos, o jogador se recuperou de uma contusão na fíbula, que o tirou dos gramados por mais de trinta dias. O jogador dificilmente ficará à disposição para o clássico, mas já nas próximas rodadas, deverá voltar a ser opção ao comandante colorado.

 

#SóVermelhoNoMeuCoração

Paulo Massad / Assessoria de imprensa