Goleiro Saulo e zagueiro Patrick Willian apresentados no OBA

Goleiro Saulo e zagueiro Patrick Willian apresentados no OBA
(Foto: Douglas Monteiro / Comunicação Vila Nova)

A quinta-feira foi bastante movimentada no Vila Nova por conta das apresentações de mais dois jogadores para a imprensa e também, o jogo treino que o Tigrão fez com o Luziânia, no CT Marconi Perillo. A atividade no CT ficou empatada em zero a zero e o técnico Umberto Louzer trabalhará a equipe na tarde desta sexta-feira(11), para enfrentar a garotada do sub-20 do Vila, que já está de volta do interior paulista, onde estava disputando a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Em relação aos apresentados, os escolhidos do dia foram o zagueiro Patrick Willian e o Goleiro Saulo, ambos vindos por empréstimo. Patrick tem 21 anos e chega por empréstimo do Ceará, antes o jogador atuou no Tupi-MG, nas categorias de base do Cruzeiro e do Internacional. O jovem atleta espera deixar uma boa impressão no clube e destaca a vontade de crescer.

-Eu almejo muitas coisas na minha vida e nunca me contento, então sou um cara que está sempre correndo atrás para cada vez aprimorar mais minhas dificuldades e meus erros e conseguir crescer e evoluir. Quero deixar um legado aqui, fazer uma grande história – afirmou Patrick Willian.

Já o goleiro Saulo, tem 23 anos, fez sua base no Corinthians de Alagoas e também no Botafogo, clube que o jogador tem vínculo. Além da base, o goleiro teve a oportunidade de atuar no time profissional do Botafogo na temporada passada e Saulo fala justamente, dessa chance que teve e também de sua escolha pelo Vila Nova para a temporada 2019.

-No ano passado consegui fazer 20 partidas na Série A. Comecei o ano como terceiro goleiro, com o Gatitto e o Jeferson na minha frente. Pra goleiro é muito difícil entrar, pois dificilmente goleiro machuca e no ano passado aconteceu dos dois machucarem. Graças a Deus consegui aproveitar as oportunidades que tive, até então foram vinte jogos e quando terminou o ano surgiu o convite do Vila pra eu vir pra cá e na mesma hora conversei com meu empresário e falei que gostei demais e queria vir. Já tinha acompanhado o clube e vi que dois anos seguidos o Vila bateu na trave pra subir e agora estou aqui, tenho fé que conseguiremos subir e teremos um ano vitorioso – explicou Saulo.

 

Paulo Massad / Assessoria de imprensa