Eduardo Baptista fala sobre jogo diante do Criciúma de Gilson Kleina

Eduardo Baptista fala sobre jogo diante do Criciúma de Gilson Kleina
(Foto: Douglas Monteiro / Comunicação Vila Nova)

O Vila Nova entra em campo logo mais, às 16:30, pra enfrentar o Criciúma no Estádio Heriberto Hulse e o Tigrão busca a vitória para se afastar da zona do rebaixamento. Será um confronto entre dois times que estão na parte de baixo da tabela, o Vila Nova é o 16° com seis pontos conquistados e os donos da casa abrem a zona do rebaixamento com cinco pontos. Os técnicos dos dois times talvez sejam os que tem os currículos que mais chamam a atenção na Série B e Eduardo Baptista fala sobre o assunto.

-O Gilson Kleina tem uma história muito parecida com a minha, veio de auxiliar, preparador físico e virou treinador. É um estrategista, é um cara que tem os times muito bem organizados e o Vila Nova também, é um embate bom. São duas equipes que precisam do resultado o Criciúma está pressionado por jogar em casa e o Vila Nova tem que jogar pra conseguir a vitória. São dois times que jogam e espero que possa ser um bom jogo – destacou.

Em relação ao time do Vila Nova para enfrentar o Criciúma, principalmente na maneira de jogar, Eduardo Baptista convocou exatamente os mesmos vinte jogadores da partida passada, quando foi surpreendido pelo Londrina. O comandante colorado não confirma a escalação, se os titulares serão os mesmos do jogo anterior, mas ressalta que apesar do resultado não ter acontecido na última partida, o time teve um bom comportamento de modo geral, só faltou traduzir em vitória.

-Embora o resultado do jogo passado ficou longe daquilo que a gente esperava, nós conseguimos envolver um adversário muito forte. Envolvemos, criamos, então a gente trabalhou bastante essa semana no quesito concentração e colocar um homem a mais na área, um volante chegar um pouco mais, finalização dos volantes. Não fizemos isso no jogo passado e nós temos bons finalizadores de fora da área. O Criciúma é um time perigoso, tem o Gamalho que deve voltar, o Vinícius dá muito trabalho e temos que ter muita atenção. É um time que dentro de casa principalmente, é muito forte – analisou Eduardo Baptista.

#SerVermelho

Paulo Massad / Assessoria de imprensa