Postado em: 17/09/2021 às 18h30

Palestra no Vila é pontapé inicial para ações práticas de sustentabilidade dentro do clube

O professor Emiliano Lôbo, da UFG, comandou uma conversa com os funcionários sobre reciclagem de resíduos

Publicado por Matheus Alves, da Assessoria de Imprensa VNFC

Palestra no Vila é pontapé inicial para ações práticas de sustentabilidade dentro do clube
Foto: Matheus Alves / Vila Nova F.C.

Os funcionários do Vila Nova assistiram no fim da tarde sexta-feira (17) uma palestra com o tema Sustentabilidade. A organização, por meio da Diretoria Administrativa, convidou o professor Emiliano Lôbo de Godoi, da UFG, para comandar uma conversa com os colaboradores sobre, entre outros aspectos, a reciclagem de resíduos. O tema central foi as diversas formas como se pode administrar melhor a água, a energia e os resíduos gastos no clube. Nas últimas semanas, a sede administrativa já conta com um sistema de separação do lixo.

Deborah Lôbo também contribuiu com a palestra, já que a profissional participa de um projeto que soma a sustentabilidade com o futebol. Junto à CBF, o estudo planeja elencar em ranking os clubes da Série A e Série B do Campeonato Brasileiro que mais fazem ações sustentáveis dentro do ambiente de trabalho. O objetivo do Vila Nova é estar bem colocado neste classificação brevemente com medidas práticas.

Preocupada com o conhecimento dos funcionários, a gestão do Tigre possibilitou aos mesmos o acesso a ideias inovadoras de economia dos recursos no OBA, ao mesmo tempo que tais ações possibilitam mais visibilidade e organização financeira à instituição. Como, por exemplo: o uso mais consciente do ar condicionado e computador, melhor manejo e divisão dos descartes, aprimoramento da irrigação do gramado em relação ao período do dia, provocar um ambiente profissional com mais luz natural e aproveitamento de espaços, entre outros.

Nos próximos meses, a tendência é de que o Vila Nova, junto ao prof. Emilano, elabore um plano de ação com base na sustentabilidade. A ideia é inventariar os resíduos sólidos, elencar e ter o controle do que é gasto mensalmente no clube e possibilitar um Vila Nova Futebol Clube cada vez mais preocupado com o meio ambiente, como nautreza ao todo e como meio de trabalho mais ecologicamente sustentável. 

Compartilhe

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao navegar em nosso site, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir