Postado em: 11/12/2021 às 19h25

Nos pênaltis, Vila Nova perde título da Copa Verde

Após novo 0x0 no tempo regulamentar, Vila Nova e Remo foram para as penalidades máximas e o time da casa venceu por 4x2

Publicado por Núbia Alves, da Assessoria de Imprensa VNFC

Nos pênaltis, Vila Nova perde título da Copa Verde
Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova F.C.

O Vila Nova perdeu o título da Copa Verde 2021 para o Remo nos pênaltis. Após novo 0x0 no tempo regulamentar, no segundo jogo da final, as equipes decidiram a taça nas penalidades máximas e o time da casa venceu por 4 a 2.

O jogo foi de domínio do Remo na primeira etapa e equivalência de forças do Tigre em boa parte da segunda etapa. Nas cobranças, André Krobel e Jhonatan Cardoso pararam nas mãos do goleiro Vinícius e Fredson converteu o pênalti que valeu o título.

Com isto, o Vila Nova encerra a temporada 2021 com o vice-campeonato do Goianão, chegada até a 3ª fase da Copa do Brasil, permanência na Série B como 9º colocado e vice-campeão da Copa Verde. Agora, os atletas seguem de férias até o início da pré-temporada de 2022, em janeiro.

O jogo
O primeiro chute ao gol veio com Clayton, de fora da área, aos 4 minutos. Aos 8 minutos, Collaço cruzou da esquerda e Bambu bateu de primeira, assustando o goleiro Vinícius. Pressionando, aos 14 minutos o time da casa chegou ao ataque e Neto Pessoa tentou de letra, mas foi desarmado. A partir daí, o Remo começou a pressionar o Tigrão e chegou várias vezes com perigo ao ataque, mas sem efetividade. Aos 34, Clayton fez boa jogada individual dentro da área, girou e bateu rasteiro, mas parou no goleiro remista. No lance seguinte, Georgemy salvou o Vila Nova. O goleiro fez defesa difícil após contra ataque, em chute de Felipe Gedoz.

O segundo tempo começou como terminou o primeiro, com pressão do Remo. Aos 10 minutos, o VAR foi acionado para possível pênalti de Renato. Mas assinalou impedimento na origem da jogada. A etapa final seguiu mais truncada, com o jogo parando por diversas vezes. Aos 33, Clayton chutou rasteiro e a bola carimbou a trave. No rebote, o ataque vilanovense completou e parou em Vinícius. Aos 37, o Remo encaixou contra ataque e na cabeçada de Neto Pessoa a bola passou bem perto da meta de Georgemy. A partida terminou e se encaminhou para os pênaltis.

Pênaltis

Nas penalidades, deu Remo. 4x2 e título para o time da casa.

Ficha técnica
Remo 0 (4)x(2) 0 Vila Nova - Jogo de volta, Final da Copa Verde
Dia: 11/12
Horário: 17h
Local: Estádio Baenão, Belém-PA

Árbitro: Dyorgenes José Padovani de Andrade (ES)
Auxiliares: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antônio Zanotti (ES)
VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (SP/FIFA)

Gols:

Cartões amarelos: Clayton, Lucas Siqueira, Eder, Thiago Mafra, Curuá, André Krobel
Cartões vermelhos:

Remo: Vinícius; Kevem, Marlon, Fredson e Igor (Raimar); Pingo, Lucas Siqueira (Curuá) e Felipe Gedoz; Ronald (Jeferson), Erick Flores (Lucas Tocantins) (Thiago Mafra) e Neto Pessoa

Técnico: Eduardo Baptista

Vila Nova: Georgemy; André Krobel, Renato, Rafael Donato e Bruno Collaço; Pedro Bambu (Tiago Real), Eder e Moacir (Kallyl); Diego Tavares, Rafael Silva (Cardoso) e Clayton

Técnico: Higo Magalhães

Compartilhe

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao navegar em nosso site, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir