Vila perde e decide em casa

Em jogo difícil Vila sai atrás e decide dentro do Serra Dourada o futuro do maior do centro oeste. A partida diante do Treze da Paraíba terminou com o placar de 1 a 0 para os donos da casa. O gol da partida foi marcado aos 24' do segundo tempo por Negretti. A partida de volta que será no próximo domingo, 27/10 às 19h, no estádio Serra Dourada. O Vila deve vencer com dois gols de diferença ou ganhar de 1 a 0 e levar a decisão para os pênaltis.

Como se era esperado a equipe paraibana apresentou perigo nos minutos iniciais parando no arqueiro colorado. O Vila também chegou a levar perigo com cruzamentos de bolas paradas, mas a bola não balançava a rede. As chances colorada chegou aos 39' com Alisson que bateu firme no ângulo direito mas, Éder defendeu. No minuto seguinte Neto Gaúcho cabeceou e novamente a bola foi defendida. Assim foi o primeiro tempo com poucas chances e forte defesa do lado colorado.

A segunda etapa levava a um empate, a partida ficou equilibrada e nenhum contra ataque levava perigo. Aos 11' Marin dentro da área tentou cruzar mas novamente o arqueiro trezeano defendeu. Toni voltou a trabalhar quando Vítor invadiu a área na tentativa de cruzar, mas o arqueiro colorado tirou a bola dos pés de Vítor. A partida sofreu o desempate aos 24' quando em cruzamento Negretti dentro da área subiu e marcou. Treze 1 a 0. A partida até poderia tomar maiores dimensões para o Treze, só que graças a boas defesas de Toni, o Vila volta para decidir em casa o acesso.

TREZE-PB 1X0 VILA NOVA
Competição: Primeiro jogo das quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série C
Local: Estádio Presidente Vargas, em Campina Grande (PB)
Data-Hora: 20/10/2013 – 19h

Árbitro: Pablo dos Santos Alves - ES
Assistentes: Marcio Eustáquio Santiago - MG (FIFA) e Flavio Gomes Barroca – RN
Cartões amarelos: Hudson e Sapé (Treze); Osmar, Frontini e Gustavo (Vila Nova)
Gol: Negretti 24' 2ºT (Treze)

TREZE-PB: Éder; Húdson, Pitti, Negretti e Júnior Barbosa; Sapé, Anderson Paim (Rafael Chorão), Rodrigo Celeste e Cristian (Escobar); Tulio (Biringueta) e Tiago Chulapa. Técnico: Luciano Silva
VILA NOVA: Toni; Thiago Cametá, Neto Gaúcho, Vitor e Bruninho (Gustavo); Osmar, Alisson, Robston, Romerito (Júlio César) e Thiago Marin; Rodrigo Dantas (Frontini). Técnico: Heriberto da Cunha.