Volante e atacante foram apresentados e irão para o jogo de hoje

Postado em: 27/08/2019 às 15:36

Volante e atacante foram apresentados e irão para o jogo de hoje
(Foto: Douglas Monteiro / Vila Nova F.C.)

O Vila Nova entra em campo na noite de hoje para enfrentar o Cuiabá, no Estádio Olímpico. Abrindo a zona do rebaixamento, o Tigrão precisa mais do que nunca de uma vitória, para tentar sair dessa posição ruim na competição. Até pensando num triunfo nesta noite, o técnico Marcelo Cabo convocou dois jogadores que chegaram recentemente ao clube, o volante Edinho de 36 anos que estava no Ceará e o atacante Gustavo Henrique de 24 anos que estava no Boa Esporte.

Edinho e Gustavo Henrique foram apresentados ontem pela diretoria e o experiente volante foi o primeiro a atender a imprensa. Edinho tem passagens por grandes clubes e o imponente título de campeão mundial de clubes pelo Internacional. Com toda essa bagagem, o jogador chega para se juntar aos líderes do grupo e guiar o Vila Nova para uma fase melhor na sequência da competição. O jogador falou de suas características e sobre já ter trabalhado com o técnico Marcelo Cabo.

-Antes de mais nada, queria agradecer a Deus por essa oportunidade, me sinto muito honrado em poder vestir essa camisa. A situação do clube é um pouco delicada, mas conseguimos enxergar uma melhoria, grandes coisas. A experiência de já ter trabalhado com o Cabo ajuda bastante, foi ele que pediu minha contratação e fico feliz. Espero poder agregar muita coisa, treinar forte, como sempre fiz na minha carreira. Sou um cara que tenho uma certa voz ativa no vestiário, sempre procurando falar com sabedoria e tomara que a gente possa sair o mais rápido dessa situação, para poder galgar coisas boas – destacou Edinho.

O atacante Gustavo Henrique está no clube desde o início da semana passada, um pouco mais de tempo que o volante Edinho. Para o jovem atacante, jogar no Vila Nova é uma grande oportunidade e o jogador se mostra agradecido pela confiança depositada em si, além de também destacar suas características como atacante.

-Gostaria de agradecer a Deus por esse momento na minha vida, de poder estar aqui me apresentando no Vila Nova, agradecer também os diretores por estarem confiando no meu trabalho. Esse ano fui pro Boa, disputei o Campeonato Mineiro e fiz seis gols. Já na Série C eu fiz quatro gols e em relação a minha característica, eu gosto de movimentar, não sou um centroavante que fica parado e espero poder ajudar da melhor maneira possível aqui no Vila Nova – falou Gustavo Henrique.

#SerVermelho

Paulo Massad / Assessoria de imprensa