Nota Oficial

Nota Oficial
(Foto: Paulo Massad / Vila Nova F.C.)

O Vila Nova Futebol Clube esteve no 9° Distrito Policial na tarde desta quarta-feira (18), representado por seu presidente executivo, Ecival Martins e a advogada do clube, Tathianne Uchôa. Ambos foram atendidos pelo delegado Washington da Conceição para prestar queixa por conta do incêndio ocorrido na noite da última terça-feira (17), na Loja Nação Colorada, onde também funciona o Sócio Tigrão.

O prejuízo do ato criminoso está estimado em torno de R$ 150.000,00 e o inquérito será instaurado para apurar os fatos. Ao final do inquérito, o Ministério Público será acionado para instaurar a ação penal. O crime pode acarretar em prisão de quatro a nove anos, em razão de ser classificado como crime qualificado.

Nas Próximas semanas o Vila Nova Futebol Clube estará procurando demais autoridades competentes como o Ministério Público e Secretaria de Segurança Pública, para que fatos como esse, onde o crime torna-se o foco principal no futebol, não se repitam.