Vila Nova e Guarani ficam no empate

Postado em: 14/11/2019 às 11:20

Vila Nova e Guarani ficam no empate
(Foto: Douglas Monteiro / Vila Nova F.C.)

Vila Nova e Guarani se enfrentaram na noite de ontem, pela 35º rodada da Série B e o time colorado mais uma vez não conseguiu vencer jogando em casa. O resultado deixou o Tigrão na penúltima colocação do campeonato e numa situação muito difícil de ser revertida nessa reta final de competição. Os três últimos adversários do Vila Nova serão o Sport em Recife no próximo domingo, o Oeste em Goiânia na quarta-feira que vem e no fim de semana seguinte, o Cuiabá na capital mato-grossense.

Na partida de ontem o Vila Nova tentou pressionar o adversário, abrir o placar, mas não conseguiu, principalmente no primeiro tempo. Em uma das raras descidas ao ataque, os visitantes conseguiram um pênalti a seu favor. Diego Cardoso bateu e abriu o placar. Durante toda partida, o goleiro Rafael Santos não foi exigido e o Vila Nova continuou tentando o gol, até que nos minutos finais do segundo tempo, o lateral direito Jeferson conseguiu empatar a partida. O Vila Nova se atirou de vez ao ataque, mas não conseguiu virar o jogo. Placar final 1x1.

A reapresentação acontece na tarde desta quinta-feira (14) e o técnico Itamar Schulle começa a montar o time para a decisão de domingo, se não vencer, o time colorado estará fatalmente rebaixado para a Série C do próximo ano. São muitos problemas para esse jogo já que o meia Alan Mineiro saiu por conta de uma contusão no joelho e o volante Tinga devido uma lesão muscular. Além deles, o lateral esquerdo Gastón foi expulso, o zagueiro Wesley Matos e o volante Ramon receberam o terceiro cartão amarelo e estão suspensos para esse jogo.

Existe a possibilidade de alguns jogadores voltarem a ficar à disposição, são os casos de Edinho e Bruno Mezenga que já fazem trabalhos físicos, além de Gustavo Henrique e Romário que também podem voltar a treinar normalmente e se tornarem opções para o jogo de domingo. Os dois últimos foram desfalques apenas na partida diante do Guarani por conta de lesões musculares, já Mezenga e Edinho estão há mais tempo no departamento médico e por isso, fazem um trabalho de retorno aos gramados com maior cautela.

#SerVermelho

Paulo Massad / Assessoria de imprensa