Vila Nova é derrotado pelo Grêmio Anápolis

Postado em: 21/02/2020 às 22:43 - Modificado em 22/02/2020 às 12:24

Vila Nova é derrotado pelo Grêmio Anápolis
(Foto: Matheus Alves/ Vila Nova F.C.)
O Vila Nova foi até o Estádio Jonas Duarte enfrentar a equipe do Grêmio Anápolis  pela primeira rodada do segundo turno do Campeonato Goiano e saiu derrotado por 1x0. O gol do time adversário foi marcado por Gustavo Henrique, camisa 10, logo aos três minutos de jogo.
 
O jogo começou e o Grêmio Anápolis já abriu o marcador. Aos 3 minutos, após contra-ataque, Davidson tocou para Gustavo Henrique, que saiu livre cara a cara com o goleiro Fabrício. No chute rasteiro, acertou o canto esquerdo do goleiro colorado. O primeiro tempo seguiu e o Vila Nova conseguiu criar chances de gol, mas sem efetividade e sempre esbarrando na zaga adversária.
 
Na volta do segundo tempo, o técnico Ariel Mamede não promoveu nenhuma alteração, deixou para mudar a equipe no decorrer do jogo. João Pedro e Francesco entraram nas vagas de Gilsinho e Brunão, respectivamente, e Rafael Barbosa entrou no lugar do paraguaio Richard Salinas. O estrangeiro e o argentino Emanuel Biancucchi fizeram suas estreias pelo Tigre nesta noite. No frigir dos ovos, vitória para o Grêmio Anápolis, que conseguiu segurar o placar durante os 90 minutos.
 
O Vila Nova segue com 8 pontos na tabela do Goianão e se prepara agora para enfrentar a Ponte Preta, dia 27, no Moisés Lucarelli, pela segunda fase da Copa do Brasil. No estadual, a próxima partida do Vila é o clássico diante do Goiás, dia 01, no Onésio Brasileiro Alvarenga.
 
Ficha técnica
Grêmio Anápolis 1x0 Vila Nova
Dia: 21/02
Horário: 20h30
Local: Estádio Jonas Duarte
Arbitragem: Wilton Sampaio, Márcio Gomes e Tiago Gomes
Gols: Gustavo Henrique (3’1T)
 
Grêmio Anápolis: Leandro Nascimento; Vagner, Eduardo Brito, (Weverton) Cassiano e Victor Hélio; Roger Goiano, Cleiton, Davidson (Adrian) e Neto (Douglas Skilo); Gustavo Henrique e Everton Amaro
 
Técnico: Edson Silva
 
Vila Nova: Fabrício; Danrlei, Brunão (Francesco), Adalberto e Marquinhos; Bambu, Emanuel Biancucchi e Gilsinho (João Pedro); Richard Salinas (Rafael Barbosa), Talles e Dimba
 
Técnico: Ariel Mamede