Com dois gols de Nando, Vila Nova bate Anápolis e volta à zona e classificação do Goianão

Postado em: 14/03/2020 às 18:20 - Modificado em 15/03/2020 às 14:38

Com dois gols de Nando, Vila Nova bate Anápolis e volta à zona e classificação do Goianão
(Foto: Douglas Monteiro/ Vila Nova F.C.)
O Vila Nova bateu o Anápolis na tarde deste sábado, 14, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga pelo placar de 2x0, em partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Goiano. Os dois gols foram do atacante Nando, que desencantou na equipe colorada e marcou pela primeira vez desde o início da temporada.
 
O primeiro tempo foi morno para as duas equipes, bem truncado. O Anápolis teve as ações no início do jogo e, com o desenrolar da partida, o Vila Nova se impôs. Aos 41 minutos, Eder puxou a jogada e tocou em Mário Henrique, que cruzou. A zaga afastou no primeiro pau, na sobra, Talles chutou e Nando completou para dentro das redes. Foi o primeiro gol do atacante colorado desde que chegou ao Vila Nova.
 
O Vila Nova entrou ligado no segundo tempo. Nando e Talles tiveram as melhores chances do início da etapa. Nando com uma cabeçada que resvalou a trave e Talles com um chute de esquerda que bateu na trave, andou em cima da linha e foi para fora. Aos 28, Ramon Coronel, que entrou no lugar do Crystian, fez cruzamento pela direita e achou Nando, que mandou de primeira para dentro das redes.
 
Com a vitória, o Vila Nova chegou a 12 pontos no Goianão e ocupa a 6ª colocação na tabela. O próximo confronto será diante do Crac de Catalão, dia 22, domingo, no Estádio Genervino da Fonseca.
 
 
Ficha técnica
Vila Nova 2x0 Anápolis
Dia: 14/03
Horário: 16h
Local: Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga
 
Gols: Nando (41’1T e 28’2T)
 
Árbitro central: Osimar Moreira
Assistente 1: Fabrício Vilarinho
Assistente 2: Luiz Henrique da Silva
Quarto árbitro: Guilherme Gil
 
Vila Nova: Fabrício; Crystian (Coronel), Adalberto, Danrlei e Marquinhos (Mário Henrique); Eder, Bambu e Gilsinho; Lucas Silva, Talles e Nando (Anderson)
 
Técnico: Bolívar
 
Anápolis: Jeferson Silva; Cleiton, João Paulo, Felipe e Paulo Vitor; Batista, Jataí (Rafael Oller), Keven (Doda) e Zambi (Davi Torres); Magno e Roniel
 
Técnico: Toninho Cecílio
 
Núbia Alves, da Assessoria de Imprensa VNFC