Equipe Sub-20 se reapresenta no OBA para retorno dos treinos

Postado em: 05/08/2020 às 16:46 - Modificado em 05/08/2020 às 17:21

Equipe Sub-20 se reapresenta no OBA para retorno dos treinos
(Foto: Núbia Alves/Vila Nova F.C.)

A equipe Sub-20 do Vila Nova se reapresentou na tarde desta quarta-feira, 5, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA) para o retorno aos treinamentos após a paralisação por Covid-19. Assim como a equipe profissional, as categorias de base do Tigre tiveram atividades suspensas no dia 19 de março, devido ao decreto do governo estadual.

 

Com a liberação dos treinamentos de futebol desde o mês de junho, a diretoria do clube decidiu pela volta unicamente do Sub-20, pois as datas da Copa São Paulo de Futebol Junior foram mantidas e a equipe servirá para fornecer alguns jogadores para o time profissional, a depender da decisão do técnico Bolívar.

 

O coordenador das Categorias de Base, Rafael Fernandes, explicou porque retornar neste momento e salientou que, assim como o time principal, o Sub-20 está seguindo todos os protocolos de segurança médica e sanitária, com testagem dos atletas, a fim de evitar a disseminação de Covid-19 no clube.

 

“A categoria Sub-20 está a um passo para o profissional, eles estão na transição, nós precisamos que eles estejam treinando, para além das competições, dar um suporte para o profissional. Temos alguns atletas que já estavam treinando com o time principal, então precisamos dar esse suporte, ainda mais agora que vai começar a Série C. Precisamos que eles estejam treinando e se mantendo ativos, para estarem melhor preparados para os torneios que vamos disputar e para o profissional, caso chamem. Tomamos todas as precauções possíveis, estamos seguindo tudo o que os protocolos de segurança pedem”, disse.

 

Ao todo, 34 atletas se reapresentaram. O elenco conta com algumas mudanças em relação ao que paralisou no mês de março, alguns jogadores da categoria Sub-17 foram elevados ao Sub-20 e outros chegaram de outros clubes, como novas contratações. Segundo Rafael, os recém-chegados já estavam sendo monitorados antes da pandemia de Covid-19. Ao todo, são oito peças novas no elenco.

 

O técnico Gustavo Nabinger endossou o propósito do retorno do time de base e detalhou a primeira etapa do retomada, que é a avaliação da condição física de cada atleta. “Estamos retornando já com expectativa para as competições que estão para acontecer e para dar suporte ao profissional. Nesse primeiro momento, vamos reavaliar o grupo nas questões físicas, pois ficaram bastante tempo ausentes, cada atleta teve uma condição diferente de treino. Esta é a primeira etapa e a partir disso vamos dar segmento ao trabalho que vinha sendo feito”, contou.

 

As categorias de base do Vila Nova vêm passando por uma completa reestruturação desde o início do ano, com a nova gestão eleita. Além da reformulação das equipes, o clube agora está produzindo um caderno metodológico de treinos, documento norteador de todas as ações da base, e também segue em busca do certificado de Clube Formador junto à CBF.

 

Núbia Alves, da Assessoria de Imprensa VNFC