Vila Nova perde em Recife após 10 jogos de invencibilidade

Postado em: 07/11/2020 às 20:58

Vila Nova perde em Recife após 10 jogos de invencibilidade
(Foto: Douglas Monteiro/ Vila Nova F.C.)

O Vila Nova foi até Recife e perdeu para o Santa Cruz pelo placar de 2 a 0. O time comandado por Bolívar perdeu depois de 10 jogos nesta Série C. Lourenço e Chiquinho marcaram para os pernambucanos no primeiro tempo.

 

Na próxima rodada, o Tigrão recebe o Botafogo-PB no OBA, em Goiânia. A partida acontecerá na segunda-feira (16), às 18h. Para essa partida, Adalberto e Rafael Donato estão suspensos e Fabricio segue lesionado. Em contrapartida, Pablo Roberto retorna da suspensão automática.

 

A primeira boa oportunidade foi do Santa Cruz, aos 13 minutos. Chiquinho soltou uma bomba em cobrança de falta, de longe, e a bola bateu na trave direita do Tigre.

 

O Vila Nova, depois disso, até tentava mais, mas não conseguia chegar com perigo. Os pernambucanos conseguiram o gol aos 26. Victor Rangel alcançou um passe para Lourenço entre a zaga do Vila em velocidade. O atacante chutou forte, na saída de Cleriston, no canto esquerdo.

 

Aos 39, Alan Mineiro cruzou da direita ao receber de Celsinho e a bola foi na medida para Talles. O atacante cabeceou e a bola passou à esquerda da meta de Maycon Cleiton. Por pouco Henan não alcançou a bola e completou para o fundo do gol.

 

Porém, pouco tempo depois, foi o Santa que conseguiu o segundo tento. Aos 43 minutos, Chiquinho cobrou falta por cima da barreira, perto da grande área. Cleriston não alcançou e bola entrou em seu canto esquerdo.

 

No início da etapa complementar, o Vila Nova já demonstrou outra etapa. Nos dois primeiros minutos, os goianos chegaram. Primeiro com um quase gol olímpico de Mário Henrique e na sequência uma finalização de cabeça de Henan pouco acima do gol depois de escanteio de Alan Mineiro.

 

Pouco depois, o mesmo Alan achou um passe por cima para Caíque que, sem ângulo, chutou muito alto.

 

Aos 38, Emanuel Biancucchi quase diminuiu o marcador. O argentino soltou um chute forte perto da risca da grande área e exigiu boa defesa do goleio Maycon Cleiton.

 

Ainda deu tempo de Caíque, aos 43, finalizar cruzado depois de rebote. A zaga do Santa tirou de quase de cima da linha. No final, Saimon desviou depois de jogada de Henan e por pouco não fez.

 

Ficha técnica

Santa Cruz 2x0 Vila Nova

14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C 2020

Data: 07 de novembro de 2020

Horário: 19h

Local: Estádio do Arruda; Recife (PE)

 

Gols: Lourenço (26’ do 1º tempo) e Chiquinho (43’ do 1º tempo) (STC)

Cartões amarelos: Chiquinho, Elivélton e Peri (STC); Mário Henrique, Rafael Donato, Caíque, Adalberto, Bolívar, Emanuel Biancucchi e Celsinho (VIL)

 

Santa Cruz: Maycon Cleiton; Augusto Potiguar, Elivélton, Célio Santos e Peri; Bileu, André, Chiquinho (Tinga) e Didira; Lourenço (Jáderson) e Victor Rangel (Mayco Félix).

Técnico: Marcelo Martelotte

 

Vila Nova: Clériston; Celsinho, Rafael Donato (Saimon), Adalberto e Mário Henrique; Pedro Bambu (Emanuel Biancucchi), Dudu e Alan Mineiro (Francis); Rodrigo Alves (Caíque), Henan e Talles (Rafhael Lucas).

Técnico: Bolivar

 

Matheus Alves, da Assessoria VNFC.