Vila vence Avaí por 5 a 2, avança para as semi e faz história nos Aspirantes mais uma vez

Postado em: 21/12/2020 às 17:01 - Modificado em 21/12/2020 às 17:03

Vila vence Avaí por 5 a 2, avança para as semi e faz história nos Aspirantes mais uma vez
(Foto: Divulgação/Avaí)

Mais uma vez, o Vila Nova foi histórico no Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Jogando em Florianópolis (SC), o Tigrão venceu o Avaí por 5 a 2 depois de sair atrás no placar. Com este placar elástico, o time de Higo Magalhães se classificou para as semifinais do torneio e enfrentará o Fluminense em dois jogos.

A CBF deve confirmar o chaveamento com data e horário nos próximos dias, que ainda terá Juventude e Ceará na outra semifinal. Os gols da vitória colorada foram marcados por Caíque, três vezes, e Matheus Porto, que foi à rede em duas oportunidades.

O jogo

A partida começou com o Avaí surpreendendo. Logo aos três minutos de confronto, depois de cobrança de lateral pela esquerda, Wesley completou para as redes de Clériston. Mas o Tigrão não demorou muito para responder. Aos 10, João Pedro rolou para Caíque na medida e o camisa 11 marcou o primeiro dele dele no duelo.

Na reta final do primeiro tempo, Caíque cruzou com precisão da direita, na medida, e Matheus Porto completou. Aos 15 do segundo tempo, Matheus Porto, de novo, aproveitou um bate e rebate e marcou no rebote para colocar o Vila no placar na frente novamente. A resposta foi rápida depois do gol de Renato aos 9 em vacilo da defesa colorada.

O quarto gol do Tigrão foi de Caíque, craque da partida em jogada rápida, trabalhada. O quinto saiu apenas dois minutos mais tarde, aos 34, também de Caíque em cruzamento que veio da esquerda.

Com um 5 a 2 histórico, o Vila garantiu vaga nas semifinais do Brasileiro de Aspirantes. É a melhor campanha de um clube goiano na competição.

Ficha técnica
Avaí 2x5 Vila Nova – 6ª rodada do Campeonato Brasileiro de Aspirantes 2020
Data: 21 de dezembro de 2020
Horário: 15h
Local: Estádio da Ressacada; Florianópolis (SC)

Gols: Wesley (3’ do 1º tempo) e Renato (9’ do 2º tempo) (AVA); Caíque (10’ do 1º tempo, 32’ do 2º tempo e 34’ do 2º tempo), Matheus Porto (46’ do 1º tempo e 15’ do 2º tempo) (VIL)

Avaí: André; Felipe, Matheus Cabral, Felipe Camargo e Gabriel; Marcinho, Wesley e João Vitor; Renato, Jô e Tucão.
Técnico: Gabriel Bussinger

Vila Nova: Clériston; Nikolas, Luizão, Danrlei e Igor; Éder (Philippe), Édson e João Pedro; Matheus Porto (Gaúcho), Anderson (Tibúrcio) e Caíque (Rui)
Técnico: Higo Magalhães

Matheus Alves, da Assessoria VNFC.