Nos pênaltis e com emoção, Vila Nova passa pelo Juventude na Copa do Brasil e recebe R$ 1,7 milhão

Postado em: 09/04/2021 às 00:51 - Modificado em 09/04/2021 às 09:20

Nos pênaltis e com emoção, Vila Nova passa pelo Juventude na Copa do Brasil e recebe R$ 1,7 milhão
(Foto: Douglas Monteiro / Vila Nova F.C.)

Em noite emocionante, o Vila Nova se classificou para a terceira fase da Copa do Brasil nesta quinta-feira (09), no OBA, em Goiânia. O Tigrão empatou por 1 a 1 com o Juventude no tempo normal em jogo marcado por erros da arbitragem, mas se classificou nas penalidades máximas por 4 a 3 com uma defesa de Georgemy e uma finalização para fora.

Com esta classificação, o colorado aguarda adversário na próxima fase e ganha R$ 1,7 milhão via CBF. Um dinheiro importantíssimo para as pretensões nesta temporada. A próxima rodada será clássico contra o Goiás, no domingo (11), às 16h, no OBA, pela 7ª rodada do Campeonato Goiano. Com bola rolando, Eltinho, de pênalti, e Pedro Bambu foram os autores dos gols.

O jogo

A partida começou muito tensa no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga. Logo no terceiro minuto de bola rolando, o juiz Caio Max marcou um pênalti para o Juventude em lance que a falta foi muito fora da área. Eltinho foi para a cobrança, deslocou o goleiro Georgemy e abriu o placar no OBA.

Porém, dois minutos mais tarde, o Tigrão respondeu à altura como se fosse uma reparação histórica e divina depois do erro grotes. Veio um cruzamento da esquerda, Pedro Bambu recebeu na grande área, chutou com desvio e deixou tudo igual rapidamente.

Após essa movimentação intensa inicial, o confronto seguiu veloz, mas sem grandes chances. Aos 38, Arthur Rezende achou excelente lançamento para Thiaguinho, que chutou fraco na saída do goleiro. No rebote, Pedro Júnior finalizou por cima do gol de Carné, levando perigo.

No início da etapa complementar, duas ótimas chances para o Vila logo nos primeiros minutos. Primeiro com um chute de fora da área de Alan Mineiro e excelente defesa de Carné e depois, na sequência, com finalização de Nilson Júnior na altura da pequena área que foi por cima da meta do Papo.

Aos 28, em contra-ataque, Pedro Júnior saiu na cara do goleiro e Marcelo Carné saiu para abafar o chute. Quase dez minutos depois, o mesmo Pedro Júnior recebeu na entrada da área e chutou cruzado de canhota, à esquerda do gol do Juventude.

Penalidades

Nas cobranças de pênaltis, Pedro Júnior, Arthur Rezende, Celsinho e Henan foram precisos e perfeitos nos seus arremates. Apenas Willian Formiga chutou para defesa de Marcelo Carné. Em contrapartida, Georgemy fez uma defesa e, na decisão, Júnior Todinho chutou para fora e o Vila Nova se classificou por 4 a 3 para a terceira fase da Copa do Brasil e conseguiu R$ 1,7 milhão.

Ficha técnica
Vila Nova 1 (4) x (3) 1 Juventude – 2ª fase da Copa do Brasil 2021
Data: 08 de abril de 2021
Horário: 21h30
Local: Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA); Goiânia (GO)

Gols: Pedro Bambu (8’ do 1º tempo) (VIL); Eltinho (6’ do 1º tempo) (JUV)
Cartões amarelos: Arthur Rezende, Celsinho, Thiaguinho, Nilson Júnior, Kelvin (VIL); Bucheca, Eltinho, Capixaba (JUV)

Vila Nova: Georgemy; Celsinho, Rafael Donato, Nilson Júnior e Willian Formiga; Dudu (Kallyl), Pedro Bambu (Henan), Arthur Rezende e Alan Mineiro (João Pedro); Thiaguinho (Kelvin) e Pedro Júnior
Técnico: Wagner Lopes

Juventude: Marcelo Carné; Paulo Henrique, Cléberson, Rafael Forster e Eltinho; João Paulo, Élton (Matheusinho), Bochecha (Marcos Vinicios) e Wescley (Guilherme Castilho); Capixaba (Júnior Todinho) e Matheus Peixoto
Técnico: Marquinhos Santos

Matheus Alves, da Assessoria VNFC.