Clássico entre Vila Nova e Goiás fica no 0 a 0

Postado em: 26/01/2014 às 22:48

O Serra Dourada foi palco, na tarde deste domingo (26/1), do primeiro clássico do ano, entre Vila Nova e Goiás. Apesar de boas chances para os dois lados, o duelo não passou do 0 a 0.

O prata da casa Tony estava inspirado. Além de ter sido um dos destaques do Tigre, ele teve uma boa estreia em clássicos: vedou o gol colorado e manteve a melhor defesa do campeonato. O Vila Nova é a única equipe que ainda não levou gols nesse Goianão.

Com o empate sem gols, o Tigrão ficou em 2º lugar do Grupo B, com 5 pontos. O próximo compromisso será nesta quarta-feira (29). Às 20h30, o Vila Nova recebe o Crac no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga.

O jogo
Com poucas oportunidades para os dois lados no primeiro tempo, o destaque ficou para o arqueiro vilanovense. Tony apareceu pela primeira vez aos vinte minutos de bola rolando, evitando a tentativa de Araújo. O Vila Nova teve boa chance em cobrança de falta, mas Arthur mandou para fora.

Mesmo debaixo de chuva, o segundo tempo teve mais movimentação. A melhor chance do Vila Nova foi com Gustavinho, que fez jogada individual e tentou abrir o placar, mas Renan defendeu. Tony ainda foi acionado em alguns lances isolados, garantindo o empate sem gols.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS: Renan; Clayton Sales (Vitor), Valmir Lucas, Pedro Henrique e Juliano; Amaral, David, Thiago Mendes (João Paulo) e Ramon; Araújo e Rychely (Léo Bonatini).
Técnico: Claudinei Oliveira

VILA NOVA: Tony; Alan, Neto Gaúcho, Vítor e Bruninho (George); Luis Marques, Arthur, Robston e Hugo; Gustavo (Diego) e Lucas (Guilherme).
Técnico: Heriberto da Cunha

Local: estádio Serra Dourada. Data: 26 de janeiro, domingo. Horário: 17h. Árbitro: Eduardo Tomás. Assistentes: Cristian Passos e Bruno Pires. Cartões amarelos: Robston, Alan e Vitor (Vila Nova); João Paulo e Rychely (Goiás). Público pagante: 8.652. Renda: R$ 186.120,00