Jogando no Serra, Vila Nova e Crac empatam por 0 a 0

Postado em: 29/01/2014 às 22:48

Em jogo movimentado e com boas chances para ambos os lados, Vila Nova e Crac empataram sem gols na noite desta quarta-feira (29/1), no estádio Serra Dourada. Com o resultado, o Tigre continua ostentando a defesa mais segura do Goianão: após quatro rodadas, Tony é o único goleiro do campeonato que não buscou a bola nas redes.

O colorado encerra a rodada em 2º lugar do Grupo B, com seis pontos. A equipe se reapresenta nesta quinta-feira (30) para dar sequência aos treinamentos, tendo em vista o próximo adversário. Domingo (2/2) é dia de clássico no Serra Dourada. Às 17h, a bola rola para Vila Nova e Atlético.

O jogo
O Vila Nova começou a partida com ritmo e criou boas oportunidades para abrir o placar. Aos 13 minutos, Hugo cobrou falta e Luís Marques, de cabeça, forçou o goleiro adversário a fazer uma boa defesa. Hugo aproveitou a sobra e pegou bem a bola, mas acertou na trave. O Crac também teve seus bons momentos durante o primeiro tempo, mas foi travado pela defesa colorada.

Aos dois minutos da etapa final, Guilherme - que tinha acabado de entrar em campo - teve a primeira boa chance. Ele avançou em velocidade rumo ao gol, mas o goleiro João Pedro estava atento ao lance e defendeu.

O Crac respondeu levando perigo ao setor defensivo do Tigre. Em cobrança de falta, aos 22 minutos, Tony foi acionado e mandou a bola pela linha de fundo. A movimentação do jogo foi intensa até o apito final, mas o placar terminou inalterado: 0 a 0.

FICHA TÉCNICA

VILA NOVA: Tony; Allan, Neto Gaúcho, Vitor e Bruninho; Arthur, Luis Marques, Hugo e Diego (Romário) (Erivelton); Lucas (Guilherme) e Gustavinho.
Técnico: Heriberto da Cunha

CRAC: João Pedro; Thiago Bastos (Guilherme), João Paulo, Marcão e Ronael; Tiago Sala, Marcos Bahia, Coquinho e Zotte (Marlon); Nino Guerreiro e Dan (Jeferson).
Técnico: Wladimir Araújo

Local: estádio Serra Dourada. Data: 29 de janeiro, quarta-feira. Horário: 20h30. Árbitro: Leandro Cardoso. Assistentes: Leone Carvalho e Hugo Correa. Cartões amarelos: Vitor e Neto Gaúcho (Vila Nova); Tiago Sala e Ronaell (Crac). Público pagante: 2.222.